Como Funciona a Tributação Para Engenheiros?

Tributação para Engenheiro

Como Funciona a Tributação Para Engenheiro?

Quer saber como funciona a tributação para Engenheiro? Sabia que a melhor opção tributária para pagar menos impostos na engenharia é abrindo um CNPJ?

Primeiramente nos somos especialistas em negócios digitais, bem como seja ela; abertura de CNPJ, liberação de nota fiscal ou acompanhamento tributário para redução de impostos. 

CNPJ Para Engenheiros

Amigo Engenheiro, vou te explicar detalhadamente de forma bem rápida e simples de como que é a tributação para engenheiro pessoa física e como que é a tributação para o engenheiro pessoa jurídica.

Primeiramente o Engenheiro que optar por trabalhar como pessoa física autônomo ele está sujeito a uma carga tributária de 27,5% de Imposto de Renda mais 20% de INSS. Então olha o tamanho da Carga Tributária que você está sujeito!

Já como pessoa Jurídica com o CNPJ no Simples Nacional você pode começar inicialmente com a carga tributária de 6% sobre o seu faturamento. Isso atravez de um planejamento tribu

TRIBUTAÇÃO

ENGENHEIRO NO CPF

TRIBUTAÇÃO

ENGENHEIRO NO CNPJ

27,5% IRRF+ 20% de INSS 6%

Simples Nacional

O simples nacional para Engenheiro tem 2 opções, o anexo III e o V do simples nacional, irei explicar cada uma dessas opções:

  • Anexo V: Imaginamos que o engenheiro faturou R$ 10Mil reais, no anexo V do simples nacional começaria pagando uma alíquota mensal de 15,5%, que mesmo assim ainda sai mais barato do que pagar como engenheiro autônomo.

Aplicando o cálculo teria R$ 10.000,00 x 15,5% = R$ 1.550,00, mesmo assim ainda é mais vantajoso do que trabalhar como engenheiro autônomo.

  • Anexo III: Existe no simples nacional o anexo III que tem uma carga tributária inicial de 6% sobre o faturamento.

Isso é possível com planejamento tributário onde é usado a uma regra que o governo criou. Chamado fator “R” onde você inclui o seu pró-labore na folha de pagamento do seu CNPJ e a sua Carga cai de 15,5% para 6% inicialmente trazendo uma grande redução.

A outra opção é o Lucro Presumido, independente do valor do seu faturamento a tributação varia de 13, 33% até 16, 33%, dependendo da sua cidade.

Acaba que o CNPJ pelo Simples Nacional  é uma opção tributária muito interessante para quem está começando e que não tem um faturamento tão alto, então resumidamente é assim que funciona a tributação para engenheiro.

Vale muito a pena você formalizar o seu negócio e abrir o seu CNPJ, consequentemente vai estar pagando menos impostos. Então fica aí a dica! Regularize hoje mesmo sua situação abrindo um CNPJ para Engenharia.

Tributação para EngenheiroFonte: Foto: Reprodução/Internet/Google imagens/Freepik

Conclusão

Enfim! Chegamos ao final desse conteúdo, contudo! Espero que você tenha gostado. Mas se você ainda ficou com alguma dúvida, nós abrimos empresas em todo o Brasil pode contar conosco para mais  esclarecimentos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
Pinterest