Contabilidade Especializada para Comércio Varejista

Abertura de empresa para comercio varejista.

Somos especialistas em abertura de empresa para comercio e abrirmos seu CNPJ em até 10 dias úteis.

Documentos para abertura do CNPJ.

Os documentos necessários para abrir uma empresa são esses a seguir para os sócios: RG, CPF, CNH ou outros; comprovante de residencia, titulo de eleitor ou cópia do recibo do imposto de renda; .

E para a empresa é necessário apenas algumas informações e documentos, como: Nome empresarial e fantasia; atividades da empresa; capital social; contatos, e-mail e telefone; cópia do contrato de locação e IPTU .

Contabilidade para Varejo:

Diferente do que muitos empresários pensam, a contabilidade para comércio varejista não é apenas burocracia e muito menos um luxo, é uma necessidade para o empreendimento.
Alguns pensam que controlar as compras e vendas é o essencial para tudo estar sob controle. No entanto, é necessário ter grande conhecimento sobre o ramo e tributações, já que este apresenta muitas variáveis.
É essencial contar com o serviço de contabilidade para comércio para que haja controle minucioso e não haja redução na margem de lucro do empreendedor. ,
Para saber mais sobre como funciona a contabilidade para comércio varejista basta continuar a leitura!

Contabilidade para comércio varejista

O comércio varejista é um dos setores da economia que mais gera empregos formais e, além disso, o segmento concentra um grande número de micro e pequenas empresas.
O setor inclui diversos empreendimentos, entre eles:
Lojas de roupas;
Lojas de móveis;
Lojas de materiais de construção;
Hipermercados;
Entre outros.
Esses comércios são extremamente ligados a compra e venda. No entanto, não é só isso, há quadro de funcionários, tributações e uma série de burocracias para que a empresa fique em dia com as suas obrigações fiscais e permaneça aberta.
Por isso, somente a orientação e assessoria de uma contabilidade para comércio varejista pode fazer com que o comércio esteja em perfeito funcionamento e com as obrigações fiscais em dia.

A importância da contabilidade nesse setor

A contabilidade para comércio varejista tem papel fundamental para auxiliar o empresário. Ela pode ajudar na escrituração e apuração de resultados, realizar balanço patrimonial e até mesmo fazer uma avaliação de enquadramento tributário.
A contabilidade é capaz também de trabalhar lado a lado com o gestor, de modo que a assessoria ficará responsável por garantir que o controle de estoque e inventário seja feito com excelência, evitando possíveis erros e garantindo que tudo esteja sob controle.
Além disso, a contabilidade realiza o cálculo de custo de armazenagem e distribuição, que ajudará o empresário a planejar de maneira estratégica as compras e também a controlar o fluxo de caixa.
Com a coleta de informações e dados que são realizadas pela contabilidade são gerados relatórios com resultados importantes. Esses relatórios são imprescindíveis para auxiliar o empresário na tomada de decisão.
Neste ponto, a contabilidade para comércio varejista também fica responsável por analisar e assessorar a gestão sobre quais decisões são as melhores para serem tomadas para o comércio.

Impostos no comércio

Quando pensamos em comércio varejista o tributo que geralmente nos ocorre é o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).
No entanto, este não o único tipo de imposto recolhido por tais estabelecimentos. Assim como empresas de outros setores, os varejistas também precisam arcar com outros impostos como IRPJ, PIS/Cofins, INSS Patronal, entre outras tributações praticadas em todos os estabelecimentos comerciais.
O que muda entre os comércios varejistas é o cálculo e a forma de recolhimento desses impostos. Já que o que define a tributação é o regime tributário que foi escolhido pelo empresário na hora da abertura da empresa.

Simples Nacional para Comércio

O Regime tributário do Simples nacional é o mais utilizado por micro e pequenas empresas, inclusive no comércio. A principal vantagem do Simples Nacional é o pagamento de diversos impostos em uma única guia de recolhimento.
Com isso, o cumprimento das obrigações fiscais fica muito mais prático e fácil, garantindo que tudo fique em dia.
No Simples Nacional o varejista pagará uma alíquota única, calculada de acordo com a sua porcentagem de faturamento. Logo, à medida que o faturamento aumenta, o imposto a ser recolhido também.
O valor estabelecido começa em 4% sem valor a deduzir — para estabelecimentos que faturam até R$180 mil no ano. O máximo é 19% com dedução de R$378 mil — para estabelecimentos que faturam de 3,6 milhões a 4,8 milhões anualmente.
Vale ressaltar que a alíquota incide sobre o faturamento do comércio, e não sobre o lucro. Logo, o cálculo é feito sobre todas as receitas do negócio, sem subtrair os custos

Tributação em outros regimes

Como a alíquota do Simples Nacional sobe de acordo com o faturamento, há situações nas quais ele acaba prejudicando o estabelecimento. Nesses casos, migrar para outro regime tributário acaba se tornando a melhor opção.
Para micro e pequenas empresas, a escolha costuma ser pelo regime tributário do lucro presumido. Como o próprio nome já diz, neste regime, o IRPJ (Imposto de Renda Pessoa Jurídica) e a CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido) são calculados baseados no lucro conforme o setor, não conforme o lucro real.
Na prática, isso significa que se a margem de lucro for superior à da tabela, isso será mais vantajoso financeiramente para o empresário. No entanto, o pagamento de impostos é mais complexo do que no Simples Nacional.
Como a tabela do LP não especifica uma taxa para o comércio varejista, a apuração do lucro para o cálculo do IRPJ para as empresas do setor é feita conforme a regra geral que presume a base de cálculo do imposto — ou seja, 8% do faturamento e sobre essa base incide uma alíquota de 15% de IRPJ.
O mesmo acontece com a CSLL, com uma taxa presumida de 12%. E com essa base de cálculo calcula-se o imposto da CSLL aplicando uma alíquota de 9%, é um tanto complexo, porém o Contador é o profissional que vai te ajudar nesse processo tributário e te ajudar a escolher a melhor opção tributária.
No entanto, ressaltamos que no caso do comércio, é raro que se opte pelo lucro presumido. No geral, é mais vantajoso para o comércio optar pelo Simples Nacional.
Para orientá-lo e assessora-lo sobre as tributações é recomendável solicitar o apoio de uma contabilidade para comércio varejista. Assim, o seu empreendimento fica sob o controle de profissionais que entendem do assunto e também em dias com as obrigações fiscais.

Contabilidade completa para seu negócio:

1. Imposto

Calculamos todos os seus impostos federais e Estaduais, inclusive ICMS Difal e ICMS ST.

2. Folha de Pagamento

Fazemos sua folha de pagamento de funcionários e pró-labore dos sócios, emitimos todos os impostos (INSS, FGTS, IRRF e outros).

3.Obrigações acessórias

Elaboramos e transmitimos todas obrigações acessórias para os Governos: Federal e Estadual, fique tranquilo.

4. Relatórios

Balanço, Balancete e DRE anualmente ou sempre que precisar.

5. Gestão Finaceira

Você pode contar com um sistema de gestão financeira, facilitando a gestão do seu negócio, emissão de nota fiscal, boleto de cobrança, controle de estoque, relatórios financeiros, contas a pagar e receber e integração com vários bancos, tudo isso de forma online, de qualquer lugar. Chega de perder tempo com papel!

6. Notas Fiscais

Você presa emitir notas fiscais? Nossos clientes podem contar com um excelente sistema de emissão de nota fiscal eletrônica de produtos, consumidor, serviços, transportes e outros documentos relacionados, de forma online, de onde você estiver, conheça nossos planos de contabilidade!

7. Atendimento

Nossa equipe de Contadores é especializada em Varejo, entendemos do seu negócio, fale conosco pelo WhatsApp, Skype, E-mail ou telefone e presencial na nossa sede, venha nos fazer uma visita, será um prazer te receber aqui na LUZCONT.

Aqui estão algumas respostas às perguntas mais comuns:

11. Qual o tempo estimado para transferir minha empresa?
O processo de transferência para LUZCONT é muito rápido e pode ser feito a qualquer momento do mês. Após concluir o cadastro, nossa equipe de especialistas analisa as informações e conclui a transferência em até 6 dias, em média.
22. Terei mais trabalho ao transferir para a Luzcont?
Não. Você terá ainda mais tempo para cuidar do seu negócio. Tudo que uma contabilidade tradicional faz, a Luzcont também faz. Além disso, pela internet você controla tudo o que acontece na sua empresa.
33. Qual o custo do certificado digital A1?
Você pagará direto na certificadora em média R$ 230,00 caso queira transferir ou abrir sua empresa na Luzcont, nós buscaremos o melhor desconto pra você nas nossas parceiras certificadoras.
44. Posso contratar a Luzcont sendo Microempreendedor Individual (MEI)?
Sim. A Luzcont é especializada em micro e pequenos negócios, migre sua MEI pra ME, nós te ajudaremos a crescer e regularizado.
55. Quais documentos serão necessários para transferir minha empresa?
Os documentos deverão ser digitalizados e enviados para nossa equipe. E você pode tirar fotos pelo celular, juntá-las em um só arquivo e enviar pra nossa equipe por E-mail.
Documentos da empresa:
Certificado Digital Tipo A1
Contrato Social de constituição (PDF ou digitalizado)
Última alteração do Contrato Social (PDF ou digitalizado)
Senha da prefeitura
Inscrição estadual (CCM)
Se sua empresa for optante do Simples Nacional, encaminhar o código do mesmo
Livros contábeis, fiscais como: registro de saídas, entradas, apuração de ICMS, inventário e ISSQN (arquivo PDF ou digitalizado)
Livro de registro de empregados (arquivo PDF ou digitalizado)
Documento PDF ou digitalizado do(s) sócio(s):
RG e CPF ou CNH
Titulo de Eleitor
Comprovante de endereço
Declaração de IR
Open chat
Powered by